Escola de Governo

Desenvolvimento, Democracia Participativa, Direitos Humanos, Ética na Política, Valores Republicanos.

  • Aumentar tamanho da fonte
  • Tamanho da fonte padrão
  • Diminuir tamanho da fonte

VENHA ESTUDAR NA ESCOLA DE GOVERNO - Inscrições Abertas!

E-mail Imprimir

A Escola de Governo completa seus 25 anos de existência em 2016!

As inscrições para o curso Formação de Governantes e Formação Cidadã estão abertas! Sendo os dois cursos regulares, ambos têm o objetivo de fortalecer a democracia participativa, os valores republicanos, a constante defesa dos direitos humanos, o desenvolvimento nacional e a ética – os grandes cinco pilares defendidos pela Escola de Governo, os quais se mostram cada vez mais necessários tendo em vista a atual conjuntura política e social.

O Formação de Governantes, o nosso primeiro e principal curso, tem suas aulas durante às 2as. e 3as. feiras das 19h30 às 21h30, contando com um corpo docente extremamente qualificado e reconhecido, debates entre os alunos, entrevistas com personalidades públicas e trabalhos de campo (estas atividades complementares acontecem uma vez por mês, em um dia do final de semana em geral dos meses de março, abril, maio, agosto, setembro e outubro).

São dois módulos, um em cada semestre. O primeiro módulo “Bases para a Cidadania Ativa” acontece no primeiro semestre do ano e no segundo semestre “Políticas Públicas”. O curso é pago* e tem o valor de 11 parcelas de R$ 539,00. Vagas limitadas.

Mais informações, acesso ao portfólio e ao formulário de bolsas também estão disponíveis em nosso hotsite!

*Oportunidades de bolsas de estudo são oferecidas nos seguintes casos:

1 - Bolsa de 30% ou 60%* para:

-Ex-alun@s do Curso Formação Cidadã (que tenham recebido Certificado)

- Estudantes secundaristas e de graduação;

Estagiário(a) para atuar na Escola de Governo de São Paulo

E-mail Imprimir

Local: Escola de Governo (Rua General Jardim, 660, sala 72 - Vila Buarque – Prédio da Ação Educativa)

Data Final: 17/02/2017

Descrição: A Escola de Governo de São Paulo possui vaga aberta para estagiário(a).Este(a) estudante irá atuar na Secretaria da Escola colaborando na organização interna da instituição; no desenvolvimento e operacionalização das demandas de comunicação; na sistematização de informações e em outras demandas relacionadas à gestão cotidiana dos Cursos e da Escola de Governo. Serão aceitos estudantes da área de humanas, como pedagogia, ciência sociais, história, comunicações e tecnologia, políticas públicas e biblioteconomia, cursando a partir do segundo semestre.

 

A destruição do Brasil e sua decomposição moral

E-mail Imprimir

A destruição do Brasil e sua decomposição moral

A consequência mais trágica do golpe é a destruição do Brasil enquanto nação e a decomposição moral da

s suas instituições. Se o impeachment em si representou um ataque aos fundamentos democráticos e republicanos da Constituição o trabalho de sapa do governo ilegítimo consiste em destruir de forma implacável e impiedosa o sentido social que o país vinha construindo desde a Constituição de 1988. As medidas do governo falam por si e se sintetizam na PEC dos gastos, nas propostas de Reforma da Previdência e Trabalhista e na lenta destruição de programas sociais como o Prouni, Minha Casa Minha Vida, o Bolsa Família, o financiamento estudantil etc..

O governo federal, junto com governos de estados, particularmente do Rio de Janeiro, São Paulo e Rio Grande do Sul, vêm destruindo a pesquisa científica e a Cultura, cortando verbas, fechando instituições e institutos de pesquisa, acabando com programas, demitindo orquestras sinfônicas, minando as universidades públicas. Há uma conjura deliberada anti-sociais, contra a ciência, a pesquisa, cultura, a educação e a saúde pública. Serão necessárias décadas de reconstrução, com perdas incalculáveis em termos de avanços, recursos e capacidades. O que está em curso é um grande desastre social, com um massacre de direitos de tal magnitude poucas vezes visto em nossa história.

 

BIG DATA: o segredo por trás da eleição de Trump

E-mail Imprimir

Um psicólogo criou um método de análise de personalidade que usa curtidas do Facebook. E essa pode ter sido a arma definitiva para Trump vencer a eleição para presidente dos EUA

Em 9 de novembro, por volta das 8h30, Michal Kosinski acordou no Hotel Sunnehus, em Zurique. O pesquisador de 34 anos foi palestrar no Instituto Federal Suíço de Tecnologia sobre os perigos do Big Data e da revolução digital. Kosinski dá palestras constantemente sobre esses temas no mundo inteiro. Ele é especialista em psicometria, um ramo da psicologia que lida com dados. Naquela manhã, quando ele ligou a TV, viu a bomba: contrariando previsões dos principais estatísticos do país, Donald J. Trump havia sido eleito presidente dos Estados Unidos.

No mesmo dia, uma empresa britânica ainda pouco conhecida com sede em Londres enviou um comunicado à imprensa: “Estamos muito felizes que nosso método revolucionário de comunicação baseada em dados tenha desempenhado um papel tão importante na vitória extraordinária do presidente eleito Trump”, disse Alexander James Ashburner Nix, britânico, 41 anos, e CEO da Cambridge Analytica. Ele sempre aparece em público com ternos bem cortados e óculos de grife, com o cabelo loiro penteado para trás. E a sua empresa não era integrante apenas da campanha online de Trump, mas também do Brexit.

 

Tributação sobre renda das pessoas físicas no Brasil: da progressividade à égide liberalizante

E-mail Imprimir

Nos governos militares, em uma segunda fase do histórico tributário brasileiro, ocorreu a primeira estagnação e, redução da progressividade tributária.

Róber Iturriet Avila e João Batista Santos Conceição

reprodução

 

A cobrança de tributos conforma um relevante aspecto da relação do Estado com a sociedade. Ao longo da história, os papeis do Estado foram alterando-se, absorvendo cada vez mais funções sociais, tais como saúde, educação, previdência, assistência social, políticas de moradia, para além das básicas como segurança, defesa territorial e mediação de conflitos.

Em 1843, no início do reinado de Dom Pedro II, surgiu a primeira tentativa de implementação de um imposto de renda no Brasil, não especificamente com esse nome, como uma maneira de reduzir o déficit fiscal do governo e, ao mesmo tempo, mitigar as desigualdades (Nóbrega, 2014).

A partir desse movimento, durante o Brasil Império, estabeleceram-se inúmeras tentativas e experiências de adoção desse imposto seguindo moldes de países europeus (Gobetti; Orair, 2016). Entretanto, somente em 1922, a proposta de um real e definitivo imposto sobre a renda foi aprovada pela maioria no Congresso Nacional, passando a vigorar em 1923. O imposto de renda brasileiro nasceu com alíquotas progressivas relativamente baixas, uma mínima de 0,5% e uma máxima de 8% sobre os rendimentos.

 

Projeto quer resolver problema de falta de água de aldeia no Rio Doce

E-mail Imprimir

Cristina Indio do Brasil

A Terra Indígena Krenak às margens do Rio Doce, em Minas Gerais, vai receber um projeto para solucionar o abastecimento de água, prejudicado pelo rompimento da barragem de Fundão, em Mariana, com a recuperação dos recursos naturais e da cultura do povo da aldeia. O dinheiro para as ações que serão feitos no local vai sair de uma campanha de financiamento coletivo lançada, na noite de hoje (6), com a presença de integrantes da região, na Oca do Parque Lage, no bairro do Jardim Botânico, na zona sul do Rio.

O custo total do projeto, dividido em oito fases, é de R$ 433 mil, que incluem o estudo para avaliação ambiental e relatório técnico de R$ 25.000, o projeto de educação ambiental do mesmo valor, o cercamento das nascentes de R$ 15.000, enriquecimento de áreas já cercadas estimado em R$ 120.000, criação de agrofloresta no valor de R$ 83.000,00, perfuração de poço com malha hídrica e bombeamento orçado em R$ 65.000 e a construção do açude com estudo topográfico e sondagem ao custo de R$ 100.000.

De acordo com os organizadores, quando o valor necessário para execução de uma das etapas for alcançado, a ação será feita, mesmo que a campanha ainda não tenha chegado ao fim. A intenção é dar mais rapidez ao projeto. Todas as fases e o orçamento poderão ser acompanhados pelos doadores e pelo público.

 

Último dia de inscrições para o curso Formação Cidadã

E-mail Imprimir

As inscrições para o curso Formação Cidadã encerraram-se hoje, 13/02, às 23h59. O curso é oferecido todo semestre, e a Escola de Governo estará de braços abertos para receber, no semestre que vem, aquelas(es) que não tiveram a oportunidade de se inscrever ou não puderam participar agora para nossa próxima edição.

A todos os/as inscritos/as, pedimos que aguardem notícias sobre o processo seletivo, que virão na semana que vem.

Lembramos que as inscrições para o curso Formação de Governantes permanecem abertas. O Formação de Governantes, oferecido há 25 anos pela Escola de Governo, é um curso que tem por objetivo trabalhar as bases para a Cidadania Ativa, aprofundar os conhecimentos acerca das Políticas Públicas e contribuir para que a(o) aluna(o) tenha uma visão generalista da política como uma ação coletiva e transformadora.

 

Reunião de Apresentação do Curso - Formação de Governantes

E-mail Imprimir

Nenhum texto alternativo automático disponível.

 

Em 14/02 ocorre a reunião de apresentação do curso Formação de Governantes da Escola de Governo!
A reunião será uma oportunidade para as/os interessados conhecerem mais sobre a instituição e sobre seu principal curso. O objetivo é auxiliar que as/os interessadas/os conheçam a grade total do curso e tire o máximo de dúvidas. É um momento valioso usado tradicionalmente pela EG para estreitar os laços entre as/os inscritas/os e/ou interessados e nossa equipe.
Para todos nós da equipe da Escola de Governo é uma enorme satisfação mostrar a Escola para as/os interessadas/os.

 

Inscrições para o curso Formação de Governantes 2017!

Venha fazer parte da 26ª turma do curso!

Clique aqui e inscreva-se!

O curso tem por objetivo trabalhar as bases para a Cidadania Ativa, aprofundar os conhecimentos acerca das Políticas Públicas e contribuir para que a/o aluna/o tenha uma visão generalista - e não especialista e parcial - da realidade política, social e econômica do Brasil. Dividido em dois módulos semestrais: “Bases para a Cidadania Ativa” (1° semestre) e “Políticas Públicas” (2° semestre). É pago, anual e oferecido às segundas e terças feiras, das 19h30 às 21h30.


Participe do Curso Formação Cidadã 2017!

As inscrições estão abertas a partir de 14 de dezembro

Clique aqui e inscreva-se!

Curso introdutório que visa instrumentalizar, com reflexões contemporâneas elementares e discussões práticas, indivíduos, representantes de ONGs e movimentos sociais para a atuação política cotidiana. É gratuito, semestral e oferecido às terças feiras, das 19h30 às 21h30.


ENTRE EM CONTATO COM A ESCOLA!

Telefones: (11)3256-6338 / (11)3257-9618

E-mail: escolagovernosp@uol.com.br

NOVO ENDEREÇO:

Edifício da Ação Educativa - Rua General Jardim, 660 (sala 72), Vila Buarque, São Paulo (SP)

Veja no mapa


Importante

Sugestões para o Site
Compartilhe suas sugestões para melhorarmos o site da Escola de Governo.

Campanhas






Calendário de Atividades

loader

Enquete

Considerando-se que, no Brasil, o povo é o soberano e a Constituição Federal é a lei maior, você acredita que seria mais democrático se todos os Projetos de Emenda Constitucional (PECs) fossem obrigados a passar por REFERENDO antes de entrar em vigor?
 

Visitantes Online

Nós temos 126 visitantes online